TOPO

Agosto 2020

As doenças reumáticas afetam a vida a vários níveis, pelo que também a depressão é bastante frequente nestes casos.É essencial que não se ignorem os sintomas iniciais, pois os tratamentos atuais permitem reduzir o prognóstico de incapacidade associado a este tipo de doença e logo, o impacto nos indivíduos, nas suas famílias e na sociedade.a As patologias reumáticas são, na sua maioria, crónicas. A fadiga, a sensação de cansaço extremo e a falta de energia são sintomas muito frequentes em quem

A Fibromialgia é uma doença caraterizada por dor músculo-esquelética generalizada, geralmente acompanhada de cansaço extremo, distúrbios do sono, dores de cabeça, entre outros sintomas. Apesar de não ter cura, a qualidade de vida do doente pode melhorar se houver um tratamento adequado e adaptado à sua situação. A fibromialgia afeta a qualidade de vida do doente e da sua família, não apenas pela incapacidade  funcional que causa, mas também pelo impacto emocional negativo que acarreta.  Trata-se de uma doença crónica com sintomas

A limitação de movimentos e as dores são algumas das dificuldades que os doentes reumáticos apresentam. Mas há formas de as atenuar, por exemplo, recorrendo a analgésicos e a anti-inflamatórios não esteroides.  São vários os tratamentos existentes para as doenças reumáticas. Fundamental é fazer um diagnóstico correto o mais precocemente possível e manter acompanhamento em consulta de reumatologia. Será o seu médico reumatologista a indicar-lhe os medicamentos mais adequados à sua situação. Quanto mais cedo for iniciado o tratamento, maior é