TOPO

Os meus tratamentos

A limitação de movimentos e as dores são algumas das dificuldades que os doentes reumáticos apresentam. Mas há formas de as atenuar, por exemplo, recorrendo a analgésicos e a anti-inflamatórios não esteroides.  São vários os tratamentos existentes para as doenças reumáticas. Fundamental é fazer um diagnóstico correto o mais precocemente possível e manter acompanhamento em consulta de reumatologia. Será o seu médico reumatologista a indicar-lhe os medicamentos mais adequados à sua situação. Quanto mais cedo for iniciado o tratamento, maior é

Quando se pensa em constituir família e avançar para uma gravidez há vários fatores que se deve ter em atenção, principalmente se tem uma doença reumática. Marcar uma consulta no médico, a fim de avaliar o estado de saúde, o estilo de vida e os fatores de risco, são aspetos importantes que deve ter em atenção para que a gestação corrada melhor forma possível.   “Ai meu Deus, estou grávida!!!” A notícia de uma gravidez é sempre algo que nos traz

São a nova classe de medicamentos. Também são modificadores da doença e existem há cerca de 10 anos. Estes medicamentos são tecnologicamente mais evoluídos e apresentam grandes melhorias no controlo da doença. Podem ser administrados por via intravenosa e subcutânea. Pelas suas características, custo e efeitos adversos, implicam uma utilização muito controlada. Saiba tudo neste artigo! Até há poucos anos, as opções terapêuticas disponíveis para os doentes reumatológicos eram limitadas e, muitas vezes, com resultados pouco encorajadores. No entanto, o aparecimento dos fármacos

Os corticoides ou corticosteroides são medicamentos que reduzem a inflamação e, por isso, são utilizados no tratamento de doenças reumáticas. Os corticoides são utilizados num vasto leque de doenças reumáticas como a artrite reumatoide, a artrite psoriática, a polimialgia reumática, outros tipos de artrite, outras doenças do tecido conjuntivo (como o lúpus, as miosites e as vasculites) e noutras doenças como a sarcoidose, uveíte, psoríase, eritema nodoso e doença inflamatória intestinal, entre outras doenças. Se utilizados de acordo com as indicações