TOPO
Corticoides: o que precisa de saber

Corticoides: o que precisa de saber

Os corticoides ou corticosteroides são medicamentos que reduzem a inflamação e, por isso, são utilizados no tratamento de doenças reumáticas.

Os corticoides são utilizados num vasto leque de doenças reumáticas como a artrite reumatoide, a artrite psoriática, a polimialgia reumática, outros tipos de artrite, outras doenças do tecido conjuntivo (como o lúpus, as miosites e as vasculites) e noutras doenças como a sarcoidose, uveíte, psoríase, eritema nodoso e doença inflamatória intestinal, entre outras doenças.

Se utilizados de acordo com as indicações do médico, os corticoides são medicamentos seguros e essenciais numa estratégia definida pelo reumatologista, como todos os medicamentos podem, no entanto, provocar alguns efeitos adversos, dependendo da dose administrada e da duração do tratamento.

Os efeitos secundários mais frequentes são o aumento de peso, dos níveis de açúcar no sangue e da tensão arterial, irritabilidade, fragilidade cutânea, fraqueza muscular e osteoporose.

Os corticoides podem mascarar alguns dos sinais de infeção e aumentar o risco de infeções. E, neste sentido, é importante a monitorização do açúcar no sangue (glicémia), da tensão arterial e de possíveis sinais de infeção.

Quando utilizados mais do que duas semanas, os corticoides não devem ser suspensos de forma abrupta ou sem vigilância médica. Por isso, se os estiver a tomar em doses mais elevadas, no momento de atualizar o plano de vacinação, deve consultar o seu médico. Estes efeitos são dependentes da dose com que se usa bem como do tempo de duração do uso, devendo todos estes aspetos serem discutidos por si com o seu reumatologista assistente.

Sabia que…

… A toma de corticoides é matinal, mas quando tomado em doses mais elevadas, pode ser dividida em duas tomas.
… Os doentes que tomam corticoides devem aumentar a ingestão de produtos ricos em cálcio, como os lacticínios e os vegetais.

Inserir Comentário