TOPO
Olhos: a janela de diagnóstico para os problemas reumatológicos

Olhos: a janela de diagnóstico para os problemas reumatológicos

Se pensa que os oftalmologistas conseguem apenas identificar problemas oculares, engana-se. Os olhos são uma janela para a observação de muitas doenças, incluindo as reumáticas.

Os olhos funcionam como uma “janela” através da qual se consegue perceber outros problemas de saúde. Das várias doenças que o oftalmologista consegue suspeitar ou diagnosticar através das manifestações oculares fazem parte algumas patologias reumatológicas.

Olho vermelho, irritação, sensação de areia nos olhos, dor, sensibilidade à luz e até perda de visão são algumas manifestações oculares associadas a doenças reumáticas.

Um dos sintomas mais frequente da Síndrome de Sjögren é a secura dos olhos. Os doentes podem ter dificuldades a ler, a usar lentes de contacto e a conduzir. Esta é uma doença reumática crónica em que o sistema imune reage afetando, sobretudo, as glândulas salivares e lacrimais. Desta forma e para um tratamento mais adequado, é muito importante a coordenação entre várias especialidades, como a reumatologia e a oftalmologia.

Também as pessoas com Artrite Reumatoide podem apresentar manifestações oculares inflamatórias durante o curso da doença. Alguns fármacos usados no tratamento desta doença, como a hidroxicloroquina e os corticosteróides, podem ter implicações negativas na visão.

É relativamente comum a inflamação do olho (uveíte), em ¼ dos pacientes com Espondilite Anquilosante. A uveíte manifesta-se como dor, fotossensibilidade e vermelhidão dos olhos (“olho vermelho”), exigindo observação urgente por parte do oftalmologista.

Como lidar com o olho seco?

Comece por alterar hábitos ou fatores ambientais que podem prejudicar os olhos:

  • Evite ambientes secos, fluxos de ar de ventoinhas ou ar condicionado, fumo ou poeiras;
  • Evite a utilização excessiva de maquilhagem;
  • Se possível, evite medicamentos que provoquem secura ocular, como alguns anti-hipertensores, antidepressivos ou anti-histamínicos;
  • Evite permanecer muito tempo sem pestanejar, pois provoca maior evaporação da lágrima;
  • Óculos com proteção lateral ou de lente larga evitam a evaporação da lágrima bloqueando o vento e aumentando a humidade dos olhos;
  • Utilize lubrificantes oculares para manter os olhos húmidos;
  • Aplique compressas mornas nos olhos, para humedecer os tecidos e aumentar a secreção de substâncias oleosas pelas glândulas palpebrais;
  • Mantenha os olhos lubrificados, mesmo nas alturas em que não tem sintomas.
  • Para quem trabalha com computadores, é essencial ter uma boa postura corporal, ajustando a cadeira e a mesa, de forma a ter o monitor ligeiramente abaixo do nível dos olhos e a uma distância entre os 50 e os 70 centímetros. Devem ainda optar por fazer pausas a cada 20 minutos, desviando o olhar do ecrã e olhando para uma distância de seis metros durante 20 segundos.

Já sabe: se sentir algum desconforto nos olhos ou alguma dificuldade a ver, procure um médico oftalmologista rapidamente, principalmente se já souber que é portador de doença reumática.

Sabia que…

… Existem alguns medicamentos orais que ajudam a aumentam o fluxo lacrimal e alguns sob a forma de colírio   que podem ser aplicados, ajudando a diminuir as queixas de olho seco.

…Doentes com algumas patologias reumáticas devem ser observados pela oftalmologia regularmente 

Inserir Comentário